quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Ao som de um quente toque de um beijo, assinalara-se uma profecia, ao fim de tanto desejo ardor eras a amante que partiria. Preferiste moldar-te em distante em observar o que havias perdido.

Não está em causa o que os sentimentos fizeram mover…

14 comentários:

P' disse...

uh , adorei *_*

AL disse...

profecias ..

Marta Gonçalves disse...

escreves maravilhosamente bem *.*

Maria Amaral Gomes disse...

Eduardoooo x') escrever não se vive nem se aprende nasce e morre com a gente. Quando pensares em desistir ou até mesmo desaparecer levanta a cabeça e acredita que consegues vencer. Quem disse que era fácil?? Ninguém sabia o que o mundo era. Porque se eu soubesse o que sei hoje não dava o meu nome na lista para poder vir ao mundo.

AL disse...

se fosse para ser percebido à primeira, não tinha que o escrever . fazia o que todos fazem e deitava da boca para fora ..
anyway , obrigado ..

Duda disse...

Obrigada, e sim tens razão. Que lindo, gostei muito do teu espacinho*

Duda disse...

A sério que gostei mesmo escreves mesmo bem.
Obrigada eu tb :')

Duda disse...

A ti também. Um óptimo 2010 Eduardo :)

Inês disse...

Escreves tão bem!
Simples, mas toca :)


Fartar-me de felicidade? acho que nunca! ahah
Bom ano para ti também!

Duda disse...

Só precisas de querer e acreditar *

Inês disse...

Agarro-me a isso com toda a minha força.

Inês disse...

sim x)

Duda disse...

Um amigo meu para mim :P
Está lindo, não está duda :P?

Ana. disse...

encantador (: