quinta-feira, 19 de março de 2009

Dia do "PaiMãe"...



Let me think...




Pai, figura estruturante da família, apoio, aconselhador, forte, “ o meu pai é o maior do mundo”, “o meu pai é melhor que o teu”. Certamente, todos nós dizemos algo singelo e semelhante a estas palavras. Realmente, quantos são os pais que não merecem tais louvores? E quantos nunca as ouviram, mesmo sendo merecedores destas? E quantas pessoas que desempenham tal figura, nunca as ouviram?

Pai é quem nos ama, luta por nós, não desiste por cobardia, apoia…

 

Inocência em pessoa, olhando para aquele tal fazendo símbolos de “amor”, repletos de mimo, trabalhando a alegria proporcionando o sorriso dos seus ” papás”. Eu, fazendo melancolicamente, sem força, ouvindo palavras sem maldade, não tendo intenção de me ferir “gosto tanto do meu pai; é o melhor do mundo”. Eles não tinham culpa, realmente, os pais deles eram o que eram, e eles mereciam o que os meus colegas e “amigos” estavam a fazer e a dizer. No fim de elaborar tais símbolos de “amor”, sorriso nas caras, … eu sentia-me diferente de todos eles!

 

Chegava a hora da entrega do símbolo. Eu encostado a um canto, ao lado de um vaso com uma árvore “viva”, observava atentamente com uma pequenez invejável… era aquela alegria fantástica, única, sentida… Olhava o hall de entrada da creche, triste; era um dia horrível. Estavam todos contentes, via ali um mundo aparte. Os “papás” pegavam a colo os seus filhotes. “Papá, papá, tenho uma coisa para ti!!!”, era o meu colega João que dizia. Fiquei contente, o seu sorriso contagiou-me. Mas foi como rápido veio; sentia-me triste.

Chegou a minha hora de fazer tal acção. “Mãe a quem entrego o meu presente do dia do pai?”, com aquela expressão de dor e numa tentativa árdua de me proteger, ela respondeu: “Entrega a quem quiseres, se achares que o teu pai merece entrega-lhe a ele”. As palavras da minha mãe deixaram-me mudo. Às vezes é no silêncio que encontramos as respostas. Olhei nos olhos da minha mãe e docemente disse: “ toma, é para ti”…

 

Mãe, és tu o meu pai… mereces tudo.

Cada gesto que faço é teu, os erros que cometo incertos, inseguros e imaturos, provocam desespero em si, nisso vê-se o seu “amor”…

 

Obrigado!

...thought writing.

Pensem nisso...

10 comentários:

(: disse...

Muitas vezes, por circunstâncias da vida. O pai ou a mãe têm de fazer o trabalho duplo. Têm de tentar ser de ferro, tentar dar tudo pelos filhos.
Só quem for mãe é que sabe.
Também é um sonho meu, ser mãe.
Adoro e adorei os teu texto!
Beijinhos <3

Nunziuh disse...

Muito bom ed... Apesar de. :|

leidy neves disse...

Bem, este teu post sobre o dia do pai esta' fantastico! deixou me a pensar...

mais uma vez cosguist marcar a diferenxa!
bjinhu

Ana Frade disse...

Simplesmente... Fantástico Eduardo !

Não tenho mais palavras para descrever este post .. É profundo...
Admiro a resposta da tua mãe... E admiro a tua força ! Apesar de custar... às vezes é melhor assim =)

Bom post... Como tu dizes: Brutal !

Beijinho *.*

Joel Rocha disse...

Apartir de agora vou começar a ofereçer a prenda do dia do pai a minha mãe, excelente post, o melhor sem duvida ate agora.
Abraço*

ana maria disse...

Bem.. que post tao profundo, ne Eduardo..?
Tambem nao tenho palavras pa comentar.. (nao ha oleo)
ta mesmo excelente..
tambem admiro a resposta da tua mae.. é preciso ter coragem nao? Va, força mano..
Lembrate "amigo sincero é aquele que mostra os teus erros e te ajuda a vencê-los. Não aquele que os esconde somente para satisfazê-te permitindo que tu vivas num mundo de mentiras." Nunca te esqueças da tua mae..
beijinho*

Cátia Pandeirada disse...

Fogo 'garoto', que texto!

Estão todos muito bons, mas este bate os restantes!

Como tu próprio dizes, na altura já tinhas cabeça! =p
Grande atitude ^^


Beijinhoo *

εµ' ηicε disse...

este texto ta mesmo mt forte..
[¨bateu bem fundo.¨]..^
~BjO e 1 sorriso pa ti ed.

Ana Dória disse...

Adorei e identifico-me imenso!

"Mãe, aos olhos de um filho, é Deus"

Este registo está belissimo!
As emoções estão muito bem expressas. Tem uma enorma carga emocional.

És sim escrito. Porque, na verdade, escrito é apenas aquele que escreve :)

ZulmirA'FerreirA disse...

Sinceramente, eu nem sei o que dizer... Eu chorei a ler isto :'S
Está tão lindo.
Parabéns Ed :)
Apenas te posso dizer isto. Apenas porque não encontro palavras suficientemente boas para descrever este texto. Está Fantástico!